O ambiente doméstico estadunidense e o Acordo Nuclear com o Irã

Sabrina Santos Pinto

Resumo

Em maio de 2018, o presidente estadunidense Donald Trump, retirou-se do Acordo Nuclear com o Irã e retomou sanções econômicas que haviam sido revogadas após a assinatura de tal acordo em 2015. Após a retirada dos EUA do acordo e o retorno das sanções, o Estado Iraniano se mostrou insatisfeito com tais atitudes e fez diversas declarações acusando e ameaçando os Estados Unidos de estarem perto do início de uma Guerra com o país. O artigo, portanto, busca sintetizar o que seria este acordo nuclear e, a partir dos fatores domésticos dos EUA, entender como se deu o processo para a sua revogação.  Continuar lendo

Anúncios
Publicado em América, Ásia, Uncategorized | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

A crise latino-americana: política nas páginas policiais

Leonardo Coelho Assunção Santa Rita

Resumo

Nos últimos anos vários ex-presidentes latino-americanos foram condenados ou estão sendo investigados pela justiça. Na maioria dos casos, as acusações envolvem atos de corrupção em um modus operandi bem familiar. Dentre os países que contam com seus ex-mandatários condenados ou investigados em tempos recentes estão: Argentina, Brasil, Guatemala, El-Salvador, Honduras, Equador e Peru. Os casos de Venezuela e Nicarágua também serão brevemente discutidos em função da dimensão das crises desses dois países. O presente artigo objetiva apresentar a crise política na América Latina e suas implicações. Também serão discutidas as semelhanças entre os casos, os problemas e as possibilidades que a crise suscita. Continuar lendo

Publicado em América, Uncategorized | Marcado com , , , | Deixe um comentário

O Colar de Pérolas como uma estratégia geopolítica

Bárbara Moreira Fonseca do Patrocínio

Resumo

O presente artigo objetiva explanar o conceito do Colar de Pérolas, estratégia expansionista utilizada pela China para aumentar sua influência ao longo das principais rotas petrolíferas do Mar Vermelho e do Golfo Pérsico até o Mar do Sul da China. Além disso, pretende-se também informar o leitor a respeito da situação vigente no Pacífico Asiático após a intensificação da postura expansionista chinesa na região. Para tanto, o artigo terá três enfoques principais: a explanação do conceito do Colar de Pérolas e sua importância geopolítica, o aprofundamento a respeito de quatro principais “pérolas” que fazem parte do Colar, escolhidas devido ao valor estratégico que o domínio de cada uma confere ao Estado que a controla e, por fim, as possíveis razões por trás das recentes pretensões chinesas e os possíveis desdobramentos da postura expansionista adotada pelo país. Continuar lendo

Publicado em Ásia, Uncategorized | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Catalunha: independentismo, eleições e a União Europeia

Amanda Ramalho Guimarães

Lucas Henrique de Oliveira Silva

Thiago Meinberg

Resumo

Em face de um momento turbulento enfrentado não só pela Catalunha, bem como pelo governo espanhol como um todo, o cenário político da região está sob clima de constante tensão e mudanças. A recente saída do presidente do governo, Mariano Rajoy, e sua subsequente substituição por Pedro Sanchéz atenuou o debate acerca da postura de negociação entre o governo central da Espanha e da Catalunha. Isto posto, esse artigo visa trazer um panorama da situação da Catalunha, no que tange, principalmente, ao independentismo, às possíveis consequências da saída de Mariano Rajoy e a entrada de Pedro Sanchéz e o posicionamento da União Europeia com relação às mudanças. Continuar lendo

Publicado em Europa, Uncategorized | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

PROSUB: o projeto do submarino nuclear brasileiro

Christyane Gomes Dias Martins

Mariane Monteiro da Costa

Yasmin de Oliveira Guedes

Resumo

O Brasil está em vias de construir um submarino de propulsão nuclear de alta tecnologia graças a um acordo de transferência tecnológica com a França. O projeto, intitulado Prosub, teve um maior avanço desde o início do governo Temer e a previsão é de que ele comece a ser construído em fevereiro de 2020. No entanto, existe certa preocupação internacional quanto a construção deste submarino porque a avançada tecnologia empregada nele pode servir de base para a construção de armas nucleares. Desta maneira, o presente artigo tem como objetivo fazer uma análise de como o Brasil lida com a questão nuclear atualmente, apresentar o projeto do submarino brasileiro e discutir as suas repercussões internacionais. Continuar lendo

Publicado em América, Uncategorized | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Perspectivas estruturais e legais do estupro na sociedade indiana

Giovana Biron Rocha Barroso

Resumo

No dia 21 de abril, o governo indiano propôs uma ordem executiva[i] que prevê a aplicação de pena de morte para estupradores de meninas menores de 12 anos, após vários protestos no país em função da série de casos de estupro que ocorreram nos últimos anos. O decreto também apresenta emendas à lei para incluir punições mais graves a estupradores que violentarem meninas menores de 16 anos, sendo a pena mínima de 20 anos, e para maiores de 16 anos, 10 anos. Em vista desses acontecimentos, o presente artigo pretende discorrer acerca da violência estrutural contra as mulheres na sociedade indiana, apresentar os resultados e críticas às legislações propostas para punir os estupradores no país, e, por fim, propor medidas que contribuam para o combate da violência contra as mulheres. Continuar lendo

Publicado em Ásia, Uncategorized | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

A OTAN e os EUA no Afeganistão: dezessete anos de guerra

Aimara Cobério Terena de Aguiar

Bruna Amaral Pereira

Resumo

Em fevereiro de 2018, o chefe do comando aéreo da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), James Hecker, afirmou que o Afeganistão será o foco do Comando Central dos Estados Unidos (CENTCOM) nesse ano, fazendo com que o mesmo direcione mais recursos para o país e reduza o número de tropas em localidades como Síria e Iraque. A intervenção da OTAN no Afeganistão teve início em 2001 e objetivava a destruição de grupos extremistas existentes no território afegão e o estabelecimento de uma paz democrática. Esse processo, contudo, tem se mostrado complexo, na medida em que se tornou uma guerra que já perdura por cerca de 17 anos. Diante disso, o presente artigo busca analisar os fatores que acarretaram a intervenção e os elementos que a levaram a se estender até os dias atuais. Continuar lendo

Publicado em Oriente Médio, Uncategorized | Marcado com , , , | Deixe um comentário