PROSUB: o projeto do submarino nuclear brasileiro

Christyane Gomes Dias Martins

Mariane Monteiro da Costa

Yasmin de Oliveira Guedes

Resumo

O Brasil está em vias de construir um submarino de propulsão nuclear de alta tecnologia graças a um acordo de transferência tecnológica com a França. O projeto, intitulado Prosub, teve um maior avanço desde o início do governo Temer e a previsão é de que ele comece a ser construído em fevereiro de 2020. No entanto, existe certa preocupação internacional quanto a construção deste submarino porque a avançada tecnologia empregada nele pode servir de base para a construção de armas nucleares. Desta maneira, o presente artigo tem como objetivo fazer uma análise de como o Brasil lida com a questão nuclear atualmente, apresentar o projeto do submarino brasileiro e discutir as suas repercussões internacionais. Continuar lendo

Anúncios
Publicado em América, Uncategorized | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Perspectivas estruturais e legais do estupro na sociedade indiana

Giovana Biron Rocha Barroso

Resumo

No dia 21 de abril, o governo indiano propôs uma ordem executiva[i] que prevê a aplicação de pena de morte para estupradores de meninas menores de 12 anos, após vários protestos no país em função da série de casos de estupro que ocorreram nos últimos anos. O decreto também apresenta emendas à lei para incluir punições mais graves a estupradores que violentarem meninas menores de 16 anos, sendo a pena mínima de 20 anos, e para maiores de 16 anos, 10 anos. Em vista desses acontecimentos, o presente artigo pretende discorrer acerca da violência estrutural contra as mulheres na sociedade indiana, apresentar os resultados e críticas às legislações propostas para punir os estupradores no país, e, por fim, propor medidas que contribuam para o combate da violência contra as mulheres. Continuar lendo

Publicado em Ásia, Uncategorized | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

A OTAN e os EUA no Afeganistão: dezessete anos de guerra

Aimara Cobério Terena de Aguiar

Bruna Amaral Pereira

Resumo

Em fevereiro de 2018, o chefe do comando aéreo da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), James Hecker, afirmou que o Afeganistão será o foco do Comando Central dos Estados Unidos (CENTCOM) nesse ano, fazendo com que o mesmo direcione mais recursos para o país e reduza o número de tropas em localidades como Síria e Iraque. A intervenção da OTAN no Afeganistão teve início em 2001 e objetivava a destruição de grupos extremistas existentes no território afegão e o estabelecimento de uma paz democrática. Esse processo, contudo, tem se mostrado complexo, na medida em que se tornou uma guerra que já perdura por cerca de 17 anos. Diante disso, o presente artigo busca analisar os fatores que acarretaram a intervenção e os elementos que a levaram a se estender até os dias atuais. Continuar lendo

Publicado em Oriente Médio, Uncategorized | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Crise de refugiados da Venezuela: o reconhecimento da sua condição e as repercussões regionais do deslocamento

Karina Alves Bratiliere

Resumo

Em março de 2018, o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) reconheceu aos imigrantes venezuelanos o status de refugiados, pedindo o apoio dos países vizinhos na garantia de sua proteção e direitos básicos. O deslocamento de venezuelanos tem crescido cada vez mais, causando um problema: a sobrecarga dos serviços públicos dos países que os recebem, e não estão conseguindo lidar com esse fluxo tão intenso de imigrantes. Tendo em vista essa situação, o presente artigo tem como objetivo apresentar brevemente a situação em que vivem os venezuelanos, o que torna necessário seu êxodo e os impactos regionais dessa movimentação, especialmente para Brasil e Colômbia, principais destinos dos refugiados. Continuar lendo

Publicado em América, Uncategorized | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

O intervencionismo estadunidense no Oriente Médio e o ataque à Síria: o excepcionalismo da política externa

Ana Luísa Castilho

Caroline Oliveira

Maria Paula de O. Nascimento

Vinícius Vilas Boas

Resumo

O lançamento de 105 mísseis em solo sírio, no dia 07 de abril, pela coalizão EUA, Grã-Bretanha e França – em resposta ao uso de armas químicas na Síria – levou as tensões entre os atores do conflito a níveis alarmantes. O ataque à Síria gerou uma série de questionamentos sobre quem realmente havia utilizado as referidas armas, já que a coalizão ocidental não esperou a apuração das investigações, e sobre quais seriam as reais motivações da ofensiva. O fato é que a atuação norte-americana no país segue um padrão de uma política externa intervencionista na região do Oriente Médio, desde antes do 11 de Setembro. Para além de defini-la como intervencionista, o objetivo deste artigo é analisar a política externa norte-americana também como excepcionalista, ou seja, que desrespeita acordos e organizações internacionais em prol de princípios e interesses específicos identificados pelos tomadores de decisão. Continuar lendo

Publicado em Oriente Médio, Uncategorized | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

O lado sombrio do Arco Iris: A homofobia constitutiva na África

Diego Calçado

Márcio Humberto

Resumo

A homossexualidade é amplamente vista como uma ameaça contra a heterossexualidade, contra o binarismo das funções definidas para homens e mulheres, e contra a ordem social em geral. Isso ocorre porque tal condição desafia a restrição do sexo à procriação e enfatiza os aspetos de prazer e satisfação que confere ao sexo, em detrimento da sua função puramente reprodutiva. Com o advento da colonização no continente africano os discursos e a violência contra a comunidade LGBTQ+ ficaram cada vez mais frequentes, impactando diretamente em diferentes aspectos a serem abordados no presente artigo como saúde, mobilidade e a censura imposta por tais governos. Surgem então a presença das mídias sociais como uma maneira de conceder visibilidade a comunidade LGBTQ+, e na tentativa de sensibilizar a sociedade internacional a respeito das violações de  direitos sofridas por tal grupo social. Continuar lendo

Publicado em África, Uncategorized | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Tensão no estreito de Taiwan: o endurecimento do discurso chinês na questão taiwanesa

Tiago Matos

Marina Borges Barbosa

Resumo

Em março de 2018, Xi Jinping discursou reificando o desejo que “cada polegada de Taiwan permaneça chinesa” além de advertir que caso não o façam encararão “a punição da história”. Este discurso enfático soma-se a uma série de posturas que marcam o escalonamento na assertividade do pleito da República Popular da China (RPC) frente à reunificação com Taiwan. Este artigo objetiva contribuir para o entendimento da questão entre RPC e Taiwan, a fim de facilitar a compreensão de quais as possíveis motivações por trás do posicionamento chinês. Além disso, o presente trabalho procura explanar alguns dos motivos que podiam corroborar para que este escalonamento ocorresse atualmente. Nossa hipótese é a de que fatores materiais como a Balança de poder sul asiática e fatores discursivos tais como a crescente noção de nacionalidade taiwanesa são um dos contribuintes que respaldam o comportamento recente da China continental, o que poderia significar a continuidade deste mesmo padrão de comportamento. Continuar lendo

Publicado em Ásia, Uncategorized | Marcado com , , , | Deixe um comentário